Porquê uma consulta de puericultura?

O nascimento de um filho é uma experiência inexplicável. Descobrimos o que é este amor, de que tanta gente fala, isto de amar alguém além da própria vida. Um amor que mal cabe no peito!  Uma experiência avassaladora e difícil de pôr em palavras.

A felicidade é imensa, desde o momento em que aparecem duas linhas no teste de gravidez. O amor cresce directamente proporcional à barriga e aos kilos que ganhamos. Fazemos planos, imaginamos o parto, a amamentação, a maternidade, a perfeição daquele amor e daquela nova vida!

No entanto, muitas vezes o parto esta longe de ser o idealizado, a amamentação longe de ser algo meramente instintivo, e este amor sem tamanho confronta-nos a todas as duvidas, receios e preocupações que nascem com ele.

A sociedade prepara-nos para o amor e para as maravilhas da maternidade, mas é raro haver quem nos prepare para as dificuldades que poderemos enfrentar. A gravidez, o parto e o pós-parto são tipicamente momentos de confusão hormonal, de altos e baixos, onde a felicidade alterna muitas vezes com a insegurança, com o medo de não conseguir ser uma “boa mãe. Por vezes, invade-nos uma tristeza difícil de explicar e ainda mais difícil de aceitar. Frequentemente essa tristeza acaba por se transformar num sentimento de culpa. E pouco se fala sobre isso. “Como é que uma mulher que acabou de ser mãe pode sentir-se triste? Afinal a maternidade é a coisa mais maravilhosa do mundo!” E é! Mas é também a coisa mais difícil e cansativa do mundo! Por isso, quando te sentires excessivamente triste, nervosa ou impaciente, o primeiro passo é saber pedir ajuda.

A ideia de propor as consultas de puericultura nasceu naturalmente. Depois de anos a aconselhar mães nos serviços por onde passei e também online, através das redes sociais, decidi abraçar este projeto e colocar toda a minha experiência e todos os meus conhecimentos à tua disposição para que possas viver esta etapa plenamente e com toda a serenidade sabendo que na retaguarda tens alguém experiente e disponível.

Sera que isto que o bebé faz é normal? Será que está tudo bem com ele? Está doente, e agora, o que devo fazer? É um mundo novo e, nem sempre o instinto basta para responder a todas as dúvidas. É altura de recorrer a um profissional de saúde que te compreenda, que te ajude e te dê a confiança necessária.

Por tudo isto, se estás preocupada com o teu bebé, mas também se tens desabafos ou inquietações que queiras partilhar, sem medo de julgamentos ou criticas, contacta-me. Estou aqui! Porque além de enfermeira, e antes de tudo, sou mãe e mulher!

Para essas situações ou para quando sentires que precisas de uma dose extra de confiança:

  • Desloco-me a tua casa para conversar contigo;
  • Tento perceber as tuas dúvidas e receios e esclarecer todas as questões;
  • Faço um diagnostico das necessidades
  • Aconselho sobre a melhor estratégia a adoptar de acordo com a situação em questão
  • Acompanho o desenvolvimento da situação até à completa resolução da mesma
  • Encaminho para outro profissional ou especialista sempre que a resolução da situação ultrapasse o meu domínio de competências

Além das consultas de aconselhamento e orientação ao domicílio, também é possível agendar consultas online.

 Porque acredito que todas nós somos a melhor mãe que conseguimos ser naquele momento, e às vezes precisamos apenas de um ombro amigo e de um fio condutor para nos reencontrarmos.

Sabe mais sobre as consultas de puericultura aqui!

Existimos para te apoiar!

Catia

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *